A Ciência Oaieme – Coaching e Mentoring – Curso – O Desenvolvimento.

Aula XXI– Os Protocolos do 4° Poder –VII

JB da Silva

Não discriminar os usuários de drogas, álcool, fumo e outros produtos toxicológicos mais não contribuir para o fabrico, comercio e o uso dos mesmos.

****

Chegamos a um ponto do Curso em que se faz necessário usar a reflexão.

A volta da consciência, do espírito, sobre si mesmo, para examinar o seu próprio conteúdo de predicados e inépcias, faz muito bem ao Ser Humano, principalmente se for respaldada pelo entendimento à luz da Ética e da Razão sobre o Mundo que o cerca.

Em sendo assim, é muito importante que uma reflexão sobre os conteúdos das Aulas seja ensejado para que o Coachee ou usuário, avalie a seriedade de seus reais teores e se; .as informações por eles dadas, enriquecem seu acervo de conhecimentos e são de mais valia para seu desenvolvimento.

Um tema muito importante para reflexão é o que diz respeito ao uso de drogas, fumo, bebidas e outros produtos toxicológicos.

Está muito claro que você não tem a solução que possa resolver de imediato, os problemas causados por tais produtos ao Indivíduo, a Família e a Sociedade. Mais você usando as ferramentas de seu 4.° Poder pode impor restrições, “ à sua volta” e sem riscos e comprometimentos pessoais, ao uso e abuso de drogas, fumo, bebidas, outros produtos toxicológicos e até o tráfico dos mesmos e isso nessa Aula lhe será demonstrado.

Mais para isso, você deve estar ao par de informações preliminares que lhe embasarão os atos.

Como foi ventilado em outras aulas, a Elite Piramidal administra o Mundo através da Legalidade e da Ilegalidade.

Através da Legalidade ela combate a produção, distribuição e o comercio de drogas e pela Ilegalidade ela fecha acordos coexistenciais a nível de Governos com as Máfias produtoras, distribuidoras e comercializadoras de tais produtos.

Veja bem que; por mais que se combata o tráfico de tais produtos, transparece a impressão que a produção, transporte, distribuição e venda é superior a capacidade de repressão das autoridades e isso, acontece rotineiramente em todos os Países.

Em se falando de todos os Governos, principalmente os Estados Unidos, as políticas de combate as drogas são vestidas de discursos hipócritas e cretinos pois não interessa a Elite Piramidal a erradicação de tão sujo comércio que leva bilhões de dólares para seus cofres.

A grande verdade sobre o assunto é que o Narco tráfico movimenta cerca de 3 trilhões de dólares anualmente e isso é deveras intrigante; em todos os níveis, o grosso dos lucros são embolsados pelos setores da burguesia (traficante e não traficante) dos EUA. A economia norte-americana vende parte importante dos compostos químicos, recebe US$ 240 bilhões anuais por isso, uma parte dos quais se destina a repor capital no mesmo ramo da produção de drogas e outra parte é investida em outros setores da economia ou vai para os bancos. Isto transforma os EUA no país onde a narco – economia tem uma importância vital e ocupa aproximadamente 5% do PIB, se convertendo no setor mais importante da economia norte-americana.

Ansiosos por monopolizarem tão lucrativo comercio, os EUA desenvolvem uma verdadeira campanha contra os países produtores usando seu poderio econômico, político e militar e isso faz com que os governos dos Países em desenvolvimento sigam seus passos, sequiosos de tão generosa fonte de renda.

Mais tudo isso será em vão, pois você e muitas outras pessoas em todo este Mundo, conscientes de seu 4.° Poder, desmantelarão esta máquina satânica que destroça Mentes e Corações.

Tendo como empreendimento pessoal a erradicação da produção, distribuição, comercialização e o uso de drogas, você individualmente e só, desenvolverá á sua volta, principalmente nas cercanias de sua residência, um clima desconfortável para traficantes e usuários.

Paulatinamente eles se afastarão e isso você constatará na rotina de sua Comunidade.

Se você olhar para a guerra às drogas do ponto de vista puramente econômico, o papel do governo é de proteger o cartel das drogas” – Milton Friedman – 1912/2006, Prêmio Nobel de Economia.

A nível de Brasil, estará sempre disponível para você através da Ciência Oaieme uma incrível ferramenta: o Hino Nacional que tenha inserido em seu teor e forma as palavras “Sorte” e “Altivo” que embasarão com solidez seus empreendimentos.

Bons estudos, bons proveitos, até a próxima aula e Inté.

Independência ou Sorte.

****