A Ciência Oaieme – Coaching e Mentoring – Curso – O Desenvolvimento.

Aula XVI – Protocolos do 4° Poder – II

JB da Silva

Não combater ou discriminar os de preferências antagônicas as suas mais não compartilhar de suas ideias e ações.

****
É perda de tempo, discutir ou julgar “preferências”. A luz da Ética e da Razão, o Livre Arbítrio é um direito sagrado, logo a atitude mais coerente em relação a “ preferências não aceita e seus usuários, é não questioná-los ou emitir juízos por escrito ou verbais, pois lhe é ressalvado o direito de não compactuar com os mesmos e muito menos usufruir de tais “preferências”.

O usuário de tal “preferência” não aceita, notará a sua postura Ética e o respeitará por isso.

Bons estudos, bons proveitos, até a próxima aula e Inté.

Independência ou Sorte.