01. ANÁLISE DO TEMA

Por J B da Silva

A Ciência Oaieme através de seus resultados tem a propriedade de nos apresentar análises e resultados sobre qualquer tema de uma maneira sucinta mais embasando um amplo espectro de raciocínios.

02. QUADRATURA DO TEMA

deus e a africa

03. PALAVRAS ENCONTRADAS NA QUADRATURA

Exercite sua mente procurando na quadratura as palavras que formam o texto ou resultado final

****
OBS: Todas as palavras do texto serão encontradas dentro da quadratura e todas as palavras possíveis que podem ser formadas com as letras da quadratura compõem o teor ou forma do texto ou Resultado.
****
04. RESULTADO
Deus deu saúde e a Rica Seara da África as Rudes Raças da Africa. E a Rei Alufá das Rudes Raças da África deu sede, casa de sacada e escada, saúde sã e Efãs seiudas. E Rei Alufá das Rudes Raças da África saiu de DEUS e se deu a Deus de saia de seda e adé de Ur e Eridú. E Deus de saia de seda e adé de Ur e Eridú deu decá, adufe e aferiu Ifá, rude deus de sua fé a Rei Alufá das Rudes Raças  da África. E Rei Alufá das Rudes Raças da África deu sua saúde sã e a fé das Rudes Raças  da África a Deus de saia de seda e adé de Ur e Eridú.

Aí Deus sai de seu Eu, desce de seu céu se ri e face a face dís as Rudes Raças  da África:

– Aí a fúria fere a faca afiada, a AIDS é a ferida, a sede, a casa e a cafua fede a fera e a feiura é a cara das Efãs seiudas da África. Se é crise de ais e a aiar, sua de sede de saúde e da resa de DEUS, se fraca e ferida a faca afiada cai, se de AIDS se arde, se a sede, a casa e a cafua fede a fera e se ri a cara é fúria e feiura, creia e urde sua fé a Deus e Deus dá a saúde, sara a AIDS, seda e cura as feridas, resa a sede, resa a casa, resa as cafuas e as Rudes Efãs seiudas e fás a feiura da Eira Saara a Rica Seara das Rudes Raças da África. Aí se arda de ira, de fúria e de AIDS seu Deus de saia de seda e adé de Ur e Eridú e seu rude deus Ifá.

Se és rei e se deu a saúde e a fé das Rudes Raças da África a Deus de saia de seda e adé de Ur e Eridú se arda de fúria, de ira e de AIDS.
****
Aiar- gemer

Adufe- pandeiro

Rei Alufá – rei sacerdote

Decá – posição sacerdotal

Efã seiuda – Eva, esposa, mulheres

Ifá – orixá das profecias

****
A Ciência Oaieme e seus métodos não obedecem as normas da Nomenclatura Gramatical da Língua Portuguesa mais a do Idioma Brasileiro Livre.
****
05. COMENTARIO

Esse resultado de uma forma muito específica nos demonstra que: principalmente a cultura metafísico religiosa ancestral da África sofreu interferências, principalmente a partir do Século VII quando o Islamismo começou de maneira sistemática a penetrar na África pelo seu norte, aniquilando reinos ou instituindo outros.

Notamos então que; as religiões africanas reverberam e muito as tradições metafísicos religiosas da cultura suméria apesar de sua vestimenta cultural e ancestral ser eminentemente africana mais, são apenas a máscara dos deuses sumérios e seu vetusto panteão divino.
****

**** O olho que dizem que tudo vê, olha o Mundo e não me enxerga pois no Ontem não era, no Hoje não é e no Amanhã nunca será. No entanto Eu olho o Mundo e o olho que dizem que tudo vê: Eu o vejo e o enxergo pois no Ontem Eu era, no Hoje Eu sou e no Amanhã sempre serei porquê na Eternidade das Eternidades, Sou Um de D*E*U*S*.
**** Eu vim, vi e venci e nem “eles” me viram nem tu me viste.
**** Um abraço a todos, até o próximo artigo e Inté.
**** Independência ou Sorte. O Aedo do Sertão
**** Fim.