Por JB da Silva


Utilizando a Ciência Oaieme em seu primeiro movimento, a Permuta Simples este autor elaborou esta obra: As Vinte e Quatro Revelações do Profeta do Sertão.

Diferenciada dos métodos de sortilégio, ou jogos de se lê a sorte, A Ciência Oaieme responde e explica sem sofismas a analises ou estudos, ainda mais que; de fácil manuseio, qualquer um com o mínimo de instrução pode entendê-la e utilizá-la.

Como funciona a Análise Simples da Ciência Oaieme?

Assim funciona a Análise Simples: o primeiro passo é termos um Tema para analisar. Tendo-se o tema, elaboramos uma quadratura que conterá tantos quadrados quantas letras possuir o tema e aí extraímos o maior numero possível de palavras que possamos formar com tais letras.

Em seguida procuramos com elas formar frases e consequentemente um texto. Mesmo que se mude a posição das palavras dentro das frases, o texto final tratará sempre de assuntos referentes ao tema dado. Os amigos leitores poderão comprovar os fatos da seguinte maneira: leiam os textos desta obra e depois confiram se as palavras estão matematicamente inseridas dentro do título ou da quadratura ou seja; o tema dado.

Capitulo a capitulo, titulo a titulo, os amigos leitores se deslumbrarão com este inquestionável método, a Ciência Oaieme.

Todos os segredos e conhecimentos deste inculto mundo estão velados ou guardados dentro do conteúdo das palavras do nosso Idioma Brasileiro Livre e o ritmo ou compasso dos esclarecimentos são marcados por palavras do tupi/tapuio e iorubá. A Ciência Oaieme detona e destroça todos os conceitos e normas estabelecidos pela cultura geral. Quer seja ela religiosa, política, filosófica, esotérica ou histórica.

A Ciência Oaieme contrariando os conceitos e praticas da Nomenclatura Gramatical da língua portuguesa, permite a total liberdade do uso de consoantes e vogais e isto enseja que o vocabulário se torne mais profícuo, mais explicito, mais ritmado e mais solto. O uso do C pelo Q, do C pelo K, do S pelo Z, do V pelo W, do CH pelo X, do E pelo I, do I pelo Y e muitas outras formas, permitem a formação de palavras que complementam o raciocínio e arredondam os cálculos matemáticos da Ciência Oaieme e em nada interferem no teor ou forma dos resultados. Apenas, os abrilhantam. Não há duvidas; para atender os questionamentos provocados por esta nova ciência; a Ciência Oaieme, uma Nova Nomenclatura Gramatical a do Idioma Brasileiro Livre e um novo dicionário deverão ser compilados.

Somos colonizados maquiavelicamente através da arte e da cultura, da política, da economia, das religiões cínicas, das vãs filosofias e de credos espúrios e deliberadamente o próprio sistema, conivente com esta situação retira passo a passo palavras de nossos dicionários facilitando assim a americanização ou inglezificação de nossa cultura e empobrecendo o poder de expressão e raciocínio de nossa gente. É sabido e notório que aquele que tem um vocabulário extenso, tem maior poder de comunicação e raciocínio ou seja; quem só sabe contar até 10 não pode se igualar a quem sabe contar até 1 milhão. A realidade dos fatos é esta: é muito interessante e agradável para o Primeiro Mundo, conhecedores de como se pode contar até 1 milhão, 2 milhões e 3 milhões, que o resto do Mundo só saiba contar até 10, principalmente o Brasil, o celeiro do planeta.

Mas, o Brasileiro pode exercer a sua cidadania e dar a volta por cima utilizando ou aplicando a Ciência Aieme em qualquer ramo de suas atividades. E o leitor entenderá o que foi explanado neste prefácio lendo e analisando estas Vinte e Quatro Revelações do Profeta do Sertão. E com muita propriedade, segurança e convicção este Autor lança um desafio ao Mundo das letras ou aos pressupostos intelectuais deste inculto Mundo: Tentem desmentir ou desmascarar a Ciência Oaieme, o Repositório Mágico das Inteligências Múltiplas!

 

O Autor