01. ANALISE DO TEMA

Por JB da Silva

Os Resultados das Análises através da Ciência Oaieme possuem uma característica inquestionável: a de transmitir a mensagem ou explicação de uma maneira sucinta e inteligível mesmo para aqueles que apenas possuem rudimentos de instrução.

02. QUADRATURA DO TEMA

ester-

03. PALAVRAS ENCONTRADAS NA QUADRATURA

OBS: Todas as palavras do texto serão encontradas dentro da quadratura e todas as palavras possíveis que podem ser formadas com as letras da quadratura compõem o teor ou forma do texto ou Resultado.

Se editou até o título Deus e Esdras as palavras contidas na quadratura em estudo, para que se comprovasse a autenticidade do resultado proposto e a seriedade do trabalho de edição.

Propõe-se que deste resultado em diante, o usuário ou usuária na dúvida, consulte nos Dicionários as palavras não comuns.

Será um excelente exercício de desenvolvimento mental procurar na Quadratura tais palavras ou as que precisam de comprovação no texto.

****

04. RESULTADO

D*E*U*S*, Deus de Deuses e de Éteres deu Teses, Sedes, este Éter, Rudes Seres e edús Ester:

– Ester, se teu Eu é Sede deste D*E*U*S* de Deuses e de Éteres, sue e ressue, use seu Eu, se dê, urde este Éter deste D*E*U*S*, estude Tese, use Sedes, surte de Sedes e rese estes Rude Seres deste D*E*U*S* e neste Éter de Éteres este D*E*U*S* de Deuses e de Éteres te surte este teu Eu Rude.

Ester é de Eu Rude e urde ter este Éter, Sedes e Teses e Deus Rude de Ur sedus Ester:

-Ester, se D*E*U*S* Deus de Deuses e de Éteres te deus Sedes e Teses este Éter é teu e use se desuse deste Éter, de Sedes, de teses e de seus Rudes Seres.

D*E*U*S*, Deus de Deuses e de Éteres é Tese de Teses e se deu de rude:

– Ester, seu Eu é Rude e se urde ter este Éter, deste Éter se deserte e se desuse. Tu, e teu Deus Rude de Ur.

Se és Esse de Sedes destes Rudes Seres deste Éter de D*E*U*S*, Deus de Deuses e de Éteres sue, ressue, use e estude Teses de D*E*U*S*, urde teu EU e te dure D*E*U*S*, Deus de Deuses e de Éteres.

Se és Esse de Sedes destes Rudes Seres deste Éter e Teses de Deus Rude de Ur e de Ester urde teu Eu, sue de sede deste Éter, de Sedes e Teses de D*E*U*S* se deserte e se desuse de teu Eu Rude.

****
Edus(por Eduz-eduzir) -deduz- extraia
Éteres – mundos, sóis
Esse de Sedes- governante
Este Éter – a Terra
Rudes seres deste Éter- a humanidade, povo
Surte- causa, motiva
Sedes- cidades, países
****
A Ciência Oaieme e seus métodos não obedecem as normas da Nomenclatura Gramatical da Língua Portuguesa mais a do Idioma Brasileiro Livre.
****

05. COMENTARIO

O assunto é recorrente e em toda ocasião possível deve ser raciocinado; a questão da implantação de um Governo único no Planeta.

No passado vários impérios se apresentaram como centros de uma Civilização única a ponto de se revezarem no poder constantemente através de cruentas guerras.

No momento presente porém, esta disputa se limita a atuação de apenas três atores; o Processo Civilizatório Ocidental, tutorado pelo Estados Unidos e a Inglaterra, o Eurásico tutorado pela Rússia e China e o Islâmico ainda na fase de lutas internas.

Se faz necessário entender que mesmo que os Mentores do Sionismo desmintam, está mais do que evidente que são suas metas e objetivos universais que embasam o deslanche da implantação de uma Nova Ordem Mundial. Haja vista, que os banqueiros mais fortes do planeta além dos Rothschild que fazem parte da cúpula da Nova Ordem Mundial são sionistas. E é a Nova Ordem Mundial que administra o Processo Civilizatório Ocidental.

Com muita propriedade, a Ciência Oaieme direciona este resultado para tais cidadãos.

****
**** O olho que dizem que tudo vê, olha o Mundo e não me enxerga pois no Ontem não era, no Hoje não é e no Amanhã nunca será. No entanto Eu olho o Mundo e o olho que dizem que tudo vê: Eu o vejo e o enxergo pois no Ontem Eu era, no Hoje Eu sou e no Amanhã sempre serei porquê na Eternidade das Eternidades, Sou Um de D*E*U*S*.
****
**** Eu vim, vi e venci e nem “eles” me viram nem tu me viste.
**** Um abraço a todos, até o próximo artigo e Inté.
**** Independência ou Sorte. O Aedo do Sertão

**** Fim·