ANÁLISE PROGRESSIVA SIMPLES

J B da Silva

01 – RESULTADO B DA ANÁLISE COMPOSTA DE GETÚLIO VARGAS

No luto, o País vê e vela seu ilustre Peão dos pagos do Estado Rio Grande do Sul na dura pedra de lousa. No ato, a dor se perlonga e rude peão lesto, segura na orla do sudário e alto grita:

Adeus Getulio, tu eras do País e de nós o Pio e Santo Pai!
O pálio parou no átrio. A lado na pérgula se entoa o Ângelus.Nos lares e ruas era só loas e ais, os alunos não vão a escola, a tarde o ígneo Sol não sai e na negra noite não se vê a Lua.
O luto é geral!

A gula dos venais e ineptos, ávidos de dólares dos Ratos Truões do país do Norte, U.S.A, sepulta o Lendário Getúlio e seu genial PLANO LATINO…”

****
02 – FRASE SUGERIDA PARA ANALISE

QUAIS AS PRINCIPAIS CAUSAS OU PORQUÊS DA MORTE DE GETÚLIO VARGAS

****

03 – QUADRATURA DA FRASE

vargas8

OBS: Veja que todas as letras repetidas foram extraídas da quadratura

04 – EXTRAÇÃO DAS LETRAS ÁUREAS DA QUADRATURA

vg9min

05 – LETRAS ÁUREAS DA QUADRATURA

Q-U-A-I-S-P-R-N-C-D-M-O-T-E-G-L- V

06 – QUADRATURA DAS LETRAS ÁUREAS

vg10min

07 – PALAVRAS ENCONTRADAS NA QUADRATURA

QUADRIL-QUADRO-QUAL-QUANDO-QUANTIAS-QUÃO-QUANTO-QUARTO-QUATRO-QUASE-QUARTEIS-QUARTEL-QUE-QUEDA-QUEDAR-QUEDO-QUEIMADO-QUEIMA-QUEM-QUERIDO-QUERIA-QUER-QUESTIONA-QUIETO-QUIMERA-QUOTA-UIVA-UIVO-ULCERA-ULEMA-ULTIMAS-ULTIMOU-UM-UNIÃO-UNIDOS-UNIR-UNIVERSO-URANIO-URDEM-URGE-URGIA-URINA-URNA-USINA-USO-UTOPIA-ACENOS-ACERTO-ACEITOU-ACIDO-ÁCIE-ACINTE-AÇO-ACORDE-ACREDITOU-ADENTROU-ADEPTO-ADRO-ADVERSO-AGIU-ADVENTO-ADEUS-ADIOU-ADITO-ADVERTIU-AEDO-AGREDIU-AGRIDE-AGUDO-AÍ-AIS-ALEGOU-ALÉM-ALÍ-ALIMENTOU-ALTO-ALUNO-AMENO-AMIGO-AMOR-ANO-ANEL-ANGELUS-ANIL-ANTES-ANTIGO-ANUIR-ANU-AONDE-APEGO-APELO-APENSO-APERTO-APERTOU-APICE-APLICOU-APOS-APOGEU-APOR-APREÇO-APTO-APURO-AQUEM-AR-ARES-ARDIL-ARDIS-ARGUMENTO-ARIDO-ARTE-ARTIGOS-AS-ASCO-ASTRO-ALTO-ANTES-ATEU-ATIVO-ATINOU-ATRIL-ATOR-ATORES-AUTOR-AVISO-AVISOU-IA-IDA-IR-IGNORA-IGUAL-ILUSTRE-IMACULO-IMORAL-IMPETO-IMPOR-IMPORTA-IMPOSTURA-IMPÕE-INCASTO-INCLUSÃO-INCLUE-INDULTO-INGRATOS-INSURGE-INTERNO-ISENTO-ISRAEL-ISTO-SA-SACI-SACO-SADIO-SADICO-SAI-SAIU-SALTO-SANDEU-SANGUE-SANTO-SAPÉ-SATIRO-SECO-SEGUIR-SEIO-SEM-SENIL-SEPULCRO-SEU-SERIO-SERVO-SIGLA-SIM-SINAL-SINO-SOCIAL-SOL-SOLIDA-SOLTA-SOM-SORTE-SUA-SUAR-SUL-SUPERA-SUPETÃO-SUPLICA-SURTO-SUTIL-PA-PACOTE-PADRE-PAGOU-PAGO-PAI-PAIS-PAGODE-PAINEL-PALCO-PALIDO-PALIO-PALMO-PANDEIRO-PÃO-PARCO-PARDO-PAREO-PARIDO-PAROLICE-PARQUE-PARTES-PARTIU-PASMO-PASQUIM-PASTEL-PASTOR-PASTORIL-PÁTIO-PATO-PATRIO-PATUSCO-PAU-PÉ-PECULATO-PECULIO-PECUNIA-PEDAL-PEDIU-PEDRA-PEDRO-PEGA-PEGOU-PEIA-PEITO-PELADO-PELA-PELO-PERTO-PRISÃO-PRIVA-PELUDO-PENA-PENOSA-PENSA-PENSADO-PENA-PERDIÇÃO-PERDA-PERGULA-PERGUNTA-PERIGO-PERITO-PERTO-PESCA-PESCADO-PETISCO-PIA-PIANO-PÍCARO-PICUÁ-PILADO-PILAO-PINCARO-PINCEL-PINOTE-PINTA-PIRA-PISA-PISAR-PITEU-PLANGER-PLANO-PLENO-PODER-PODRE-POLEMICA-PONTE-PONTA-PORFIA-POR-PORTA-PORTUGAL-POSTRE-POTE-POTENCIAS-POUSA-PRA-PRATICO-PRATICOU-PRATO-PRECISA-PRECISÃO-PREÇO-PREGA-PREGOU-PREGÃO-PRELO-PRELUDIO-PREMIO-PRENDA-PRENSA-PRESTA-PRESTO-PRESUMIR-PRESUME-PRETO-PROSA-PROTELA-POSTRA-PROVAS-PRUMO-PSEUDO-PUERIL-PUGNA-PULCRO-PUNGIR-PUNE-PUNIR-PURITANO-RADIO-RAIOS-RALÉ-RAMO-RANÇO-RAPIDO-RAPTO-RASO-RATO-RATEIO-REAL-REAIS-REIS-REALISMO-RECADO-RECAI-RECITAL-RECITADO-RECOMENDA-RECUA-RECUADO-REDIL-REDUTO-REGIAO-REGULA-RELUTA-RENDA-RENOVA-REPTO-RESTA-RESTO-REUNIDOS-REVOLTA-REVISTO-RIMA-RISO-RIO-RODA-RODAPÉ-ROGA-ROLA-ROLETA-ROMA-RONDA-RETA-ROTA-RUDE-RUIM-RUINS-RUIVA-RUMINA-RUMO-RUSTICO-NA-NAS-NADIR-NADO-NÃO-NARCOSE-NASCER-NASCEU-NATIVO-NATO-NAVE-NAVEGOU-NAVIO-NECTAR-NEDIO-NEGA-NEGAR-NEGOCIA-NEGRO-NEGRITO-NEM-NESGA-NESTA-NEUTRO-NEVA-NEVOA-NIVEL-NIVELA-NO-NOITE-NOME-NORMAS-NORTE-NOS-NOTE-NOTA-NOVA-NOVEL-NOVENA-NU-NUS-NUCLEO-NUME-NUMERO-NUPCIAS-NUTRE-NUTRIA-NUVEM-CADERNO-CAI-CAIR-CALDO-CALMO-CALOR-CAMPO-CANTO-CÃO-CAOS-CAPIM-CAPITULO-CARGO-CARLOS-CARNE-CARO-CASO-CASEIRO-CASTIGO-CEDRO-CEDULAS-CEGA-CEGO-CENA-CEM-CENARIO-CENSO-CENSOR-CENTRO-CEROULA-CERTO-CIGANO-CIMENTO-CIMA-CINTURA-CINTA-CIPÓ-CISMAR-CISMA-CITAR-CIUME-CLARO-CLIMA-COAGE-COAGIR-COLA-COLINA-COLUNA-COME-COMEDIA-COMA-COMPLETA-COMPRA-COMUTAR-CONDUTA-CONSEGUIR-CONSERVA-CONSUMA-CONTA-CONTEMPLA-CONTER-CONTRA-CONVERSA-CONVIDA-COPIA-COR-CORES-CORAGEM-CORDA-CORTA-CORTESIA-CORTINA-COSTUME-COSTELA-COUSA-COVA-CRANIO-CREDITO-CREDO-CRETINO-CRIA-CRIADO-CRIME-CRIPTA-CRISE-CRISMA-CRISTO-CRISTAL-CRIVO-CRU-CRUENTO-CUIA-CULPA-CULPADO-CULTO-CUPIDO-CURA-CURIOSA-CURVA-CUSTA-CUSTOU-CUTIS-DA-DAS-DANO-DANTES-DÃO-DAR-DAQUILO-DE-DECÁ-DECANO-DECISÃO-DECLINA-DECORA-DECURSO-DEGOLA-DEÍSMO-DEITAR-DELIRA-DEMITE-DEMO-DEMONSTRA-DENSO-DEPOIS-DEPOR-DESAMOR-DESCONTA-DESMAIO-DESTINO-DESTA-DESTRA-DESTROI-DESUNIR-DESVIO-DEUS-DEVA-DEVORA-DEVOTA-DIA-DIGESTÃO-DIGESTO-DIQUE-DIREÇÃO-DIRETO-DISCO-DISPAROU-DISPOR-DISTO-DITAR-DITO-DIURNO-MA-MAS-MAIS-MACIO-MACRO-MADRE-MAE-MAGICO-MAGNO-MAGNETICO-MAGNITUDE-MAGRO-MAIOR-MAL-MALUCO-MALOTE-MANDO-MANEIO-MANTER-MANTO-MÃO-MAR-MARES-MARCO-MARÉ-MARTELO-ME-MEADOS-MECA-MEDICAR-MEDIÇÃO-MEDICO-MEDIO-MEIO-MEL-MELODIA-MENÇÃO-MENDIGOS-MENTAL-MENTIU-MENTOR-MERCADO-MERDA-MES-MESA-MESCLA-MESTRADO-META-METAIS-MEU-MIL-MILAGRES-MINAS-MIRA-MIRAGEM-MISERA-MIUDO-MOÇA-MODA-MODULAR-MOLDAR-MOITA-MOLE-MOLESTA-MOLESTIA-MONTA-MONTE-MORAL-MORDE-MORTE-MOSTRA-MOTIVA-MOVEIS-MOVE-MUDAR-MUDO-MULA-MULATO-MUNDO-MUNIR-MUSICA-OCA-OCAR-OCULTA-OCUPA-ODES-OLVIDA-ONÇA-ONDA-ONDE-ONDULA-ONERA-OPERA-OPINA-OPTA-ORÇA-ORDEM-ORDENS-ORGIA-ORIENTA-ORNA-OSCILA-OSTRA-OU-OUÇA-OUSA-OUSAR-OUVIR-OUVINTE-TAÍ-TAL-TROCA-TARÔ-TECIDO-TECLA-TECLADO-TEMA-TEMPLO-TEMPLARIO-TEMPO-TENDA-TENRO-TENSAO-TEOR-TEORIA-TERMO-TERMINA-TESÃO-TESAR-TEU-TUA-TIGRE-TIME-TINA-TIPO-TIQUE-TIRANO-TIRA-TIRO-TOCA-TODA-TOM-TOMAR-TOQUE-TORPEDO-TOSAR-TURVO-TRAÇA-TRAIDO-TRANSE-TRAPO-TRAQUE-TREM-TREMULO-TREPA-TREPADO-TREINA-TRIANGULO-TRIGO-TRIPA-TROPEL-TROPA-TROVA-TUPI-TURVO-E-ES-EIS-ECLETISMO-ECLIPSE-ECLODIU-ECO-ECOA-EDIÇÃO-EDIL-EDIS-EDITO-EDITAL-EDITOR-EDUCA-EDUCO-EDUÇÃO-EGO-EGOISTA-EGRO-EGUA-EGUAR-EGUM-ELO-ELOGIAR-ELUÔ-EM-EMIGROU-EMPREGO-EMPOLGA-EMULO-ENCIMAR-ENCOSTA-ENFIM-ENUTAR-ENRUSTIDO-ENSAIOU-ENTRADO-ENTRA-EPICO-EPOCA-ERMOS-ERVA-ESCOA-ESCOLA-ESCOL-ESCRITA-ESCRIVAO-ESCUDO-ESGAR-ESMO-ESMOLA-ESMOLER-ESPECULAR-ESPOLIAR-ESQUIVA-ESTADO-ESTALO-ESTA-ESTIGMA-ESTILO-ESTIMA-ESTRADO-ESTRAGO-ETNIA-EU-EUROPA-EVITAR-GADO-GALÉ-GALO-GALOPE-GANIR-GANIDO-GATO-GELADO-GELO-GEMIDOS-GENIO-GENITOR-GENITO-GENTIL-GENOMA-GEOMA-GERAL-GERADO-GESTÃO-GESTO-GESTICULAR-GIRO-GLORIA-GOELA-GOLA-GOLPE-GORILAS-GOSTAR-GOVERNA-GRÃO-GRANDE-GRAMPO-GRANEL-GRAU-GRATIS-GRAUDO-GRIS-GRUDE-GRUPO-GULA-GULOSEIMA-LA-LAÇO-LADINO-LADO-LAGO-LAIVOS-LAMENTO-LANCE-LAPIDE-LAPIS-LAPSO-LARES-LARGO-LASTIMOU-LATINO-LATIDOS-LAUTO-LAVOR-LEÃO-LECIONA-LEGIÃO-LEGUAS-LEI-LEIGO-LETRA-LEITOR-LEITURA-LENDA-LENÇOL-LENÇO-LENTO-LESÃO-LETIVO-LETRADO-LEVA-LEVADO-LEVAR-LEVITA-LICEU-LIDAR-LIDO-LIMÃO-LIMPAR-LINDA-LINGUA-LIVRO-LIVRA-LOGICA-LONGE-LONGEVO-LOTE-L​_OUVAR-LUCRO-LUTA-LUTO-LUGAR-LUME-LUNATICO-VA-VACILO-VACUO-VADIO-VAGIDO-VALE-VALOR-VALIDO-VAMPIRO-VAQUEIRO-VARIOS-VASO-VECTOR-VEDAR-VEDRO-VEIOS-VEIAS-VEICULO-VEU-VELA-VENIA-VENDA-VERÃO-VERSO-VERSICULO-VENTO-VER-VENTURA-VETAR-VETO-VIDA-VIDRO-VIELA-VIGOR-VILÃO-VINCULO-VINDA-VINGADO-VINGA-VIOLA-VINTE-VIOLENTAR-VIR-VIRADO-VIRGEM-VIRGULA-VIRTUAL-VIRTUDE-VISTA-VISUAL-VITREO-VOANTE-VOCE-VOGAL-VOLANTE-VOLTA-VOLUPIA-VOMITA-VONTADE-VORAGEM-VÓS-

Tios e Tias ou você que são natos nesta Eira do Santo Sião(Brasil), sendo aptos, optem o ato: usem lápis e cadernos, sentai-vos à mesa e anotem tudo que dito, pois é um resumo dos porquês da vida e morte de Getúlio.

Sou o Santo Piá, o Sací e resido nos ermos do Santo Sião(Brasil). Sou Santo nos Céus e em teu País. Estudo e edito as Leis de Deus e as ordens do Santo Cristo.

À noite, educo o Aedo de Deus e Ulemá do Santo Cristo quando está a estudar a Lenda Real, o Áureo Credo da Era Trina sentado ao atril dentro de seu ádito. E ali, ode a ode, poesia a poesia, monta o Tecno Estudo, a Lenda Real que vai educar os de Deus, os Ateus e até o maluco nas ruas nesta Era de Dores e de Acerto de Contas

Em outra Era, depois de uma revolta cruenta no sul, Getúlio se torna líder e ditador do País. Embora ditador, o clamor das multidões premida pela dura lida de sol a sol, ecoa nos céus e dentro de seu crânio e tal qual pontuda seta, punge seu Eu.

À noite em seu quarto, não dorme. Só pensa no clamor das multidões que ainda ecoam no seu crânio e sentado em um canto à mesa, medita. Depois de muito tempo, pois o sol estava a pino, toma uma decisão: usa seu veículo sai às ruas e vai até a porta de um mercado. E ao ver mães de seio seco a mendigar de esquina a esquina, o serviçal na dura lida de sol a sol e cegos a esmolar aos gemidos, se revolta. À noite, volta às ruas e ao ver mulheres e moças nas portas dos putais no desvio, menor sem mãe e sem mentor e malucos a esmar de deu em deu, se revolta mais não questiona Deus.

Dias depois não protela, edita Leis e Normas que vão dar sério sentido a um Pacto Social que vai dar Nova Reta e Nova Rota ao País e alento e ânimo as multidões. Esta ação não será bem vista no seio da cúspide social. Ágil, cria liceus e firmas de grande porte pelos quatro cantos do País. Não temia o país de Tio Sam e muito menos o poder podre dos padres de Pedro em Roma.

Seu anseio maior e não era uma quimera, era unir as Nações desta imensa Eira Sulina(América do Sul) e a união teria por credo. as leis e normas de seu ideal maior, o Plano Latino.

Getúlio não cedia a gula do país de Tio Sam, ávido por espoliar os inúmeros bens virgens do país que iam do rico pescado ao urânio e do gás ao pau brasil. Getúlio é advertido mais não liga. O país de Tio Sm ouve e vê tudo nos quatro cantos do mundo e ao ser advertido pelos núcleos de mando de seu governo, o seu líder não aceitou quieto o Plano Latino, então usa seu poder e dólares e negocia com deputado ligado ao partido dos “Gorilas” e êmulo a Getúlio, um golpe contra o Plano Latino e Getúlio.

Era Reunião de Estado e era à noite mais dias antes, um dos venais, amigo do deputado golpista, copia o estilo de Getúlio e letra a letra, vogal a vogal, vírgula a virgula treina até está certo de que sua escrita é igual a de Getúlio. Então cria cretina nota na qual Getúlio se desculpa pelo seu gesto covarde.

Na reunião, a súcia de venais queriam mais quota em dólares, Getúlio advertiu que não podia por em perigo o lastro em moeda e nota do Governo e ao comentar ser sua decisão regular por Lei o Plano Latino, um dos venais, adepto dos credos do país de Tio Sam, na ira disparou de perto um tiro no peito de Getúlio.

A sucia deitou Getúlio em seu leito e ao saírem do quarto, usam a rádio do governo e dão o aviso a Nação:

Getúlio se matou, está morto!

No luto, o País vê e vela seu líder na dura pedra de lousa. O Ígneo Sol não rútila o dia e a Lua por muitas noites, não clareou as noites do Estado Santo de Sião(Brasil)

Eis aí não uma CAUSA, mais os PORQUÊS da vida e morte de Getúlio, o ilustre Peão dos Pagos do Estado do Rio Grande do Sul.

****

Atenção : Neste resultado algo incrível, transcendental e mágico acontece: que de sobremaneira atesta a seriedade da Ciência Oaieme: a expressão “Peão dos pagos do Estado do Rio Grande Sul” é uma expressão dialetal que somente poderemos ouvir na 11ª Região dialetal Brasileira ; os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul onde nasceu o Presidente Getúlio Vargas.


****

Comentário

Veja bem que este resultado foi elaborado a partir de uma pergunta que foi extraída do Resultado B da análise de Getúlio Vargas, que refutamos ter sido a mais apropriada e a mais ligada ao conteúdo do Resultado B obtido através da Análise Composta.

Um outro pormenor que deve ser comentado é de que; o narrador do resultado é o Santo Piá, o Sací. Ele, é uma divindade do panteão monástico esotérico dos Tupys e de outras etnias indígenas. Não é preto, não fuma cachimbo e não é perneta. Preto, fumando cachimbo e perneta foi uma criação dos cretinos jesuítas mancomunados com o colonizador português, com o propósito de desmoralizar a religiosidade dos indígenas brasileiros. Apesar disso, sem o intuito de retaliações religiosas, a Humanidade terá de aceitar as dissertações, proposições, avisos e argumentos desta divindade indígena.

O outro pormenor ou informação é de que; cada resultado da Ciência Oaieme, encerra dentro de si as possibilidades de uma outra pergunta ou um outro tema questionador. Logo, ao realizar a sua Auto Análise você terá a possibilidade através da Análise Progressiva Simples de vasculhar o seu Universo particular.

A Análise Progressiva Simples funciona em termos matemáticos, como a Sequência de Fibonacci. (Leonardo de Pisa matemático italiano).

Proposta de exercício:

Assim como este resultado expõe as causas ou porquês da morte de Getúlio Vargas, ele também expõe as causas e porquês da morte de seu inimigo político, o deputado Carlos Lacerda. Tente, pois as surpresas serão muitas.

****

**** O olho que dizem que tudo vê, olha o Mundo e não me enxerga pois no Ontem não era, no Hoje não é e no Amanhã nunca será. No entanto Eu olho o Mundo e o olho que dizem que tudo vê: Eu o vejo e o enxergo pois no Ontem Eu era, no Hoje Eu sou e no Amanhã sempre serei porquê na Eternidade das Eternidades, Sou Um de D*E*U*S*.

****

**** Eu vim, vi e venci e nem “eles” me viram nem tu me viste.

**** Um abraço a todos, até o próximo artigo e Inté.

**** Independência ou Sorte. O Aedo do Sertão