01. ANÁLISE DO TEMA

Por J B da Silva

Em nenhuma literatura filosófica, esotérica ou religiosa podemos aferir com propriedade ser este ou aquele texto inspirado por Deus, o máximo que pode acontecer é ter de se acreditar na palavras ou assertivas daqueles que tais texto sagrados escreveram.

A Ciência Oaieme através de seus Métodos e Doutrinas nos colocam diante de uma situação diferenciada porque os textos ou parágrafos em que enfatizamos dizer: Deus se expressa e nos repassa uma certeza: nenhum ser humano por mais méritos que tenha, tem autoridade para se exprimir conforme os enunciados nos parágrafos deste resultado e isso pode ser atestado pelo presente resultado.

02. QUADRATURA DO TEMA

samuel

03. EXTRAÇÃO DE PALAVRAS DA QUADRATURA

DEUS-DEU – DE- DA- DEUSES- DEUSAS-DAS- DÊSSE-DESASE- SE- SEU- SEM-SEU-SAMUEL- SEDES- SUA- SUMA- SEDA- SELA- SAL-SAUDE-SEDES- SUMA-SÊMEA- SUE- SÊDE- E- ÊLE- ÊSSE- ESSA-EU- ÊMULA-ÊLE- ÉS- A- ASSUE-ASSUME-ADÉ- AS- ADEUS-ULEMÁ-UM- USE- USA- MEU- MUSEUS- MUSA- MUDE- MESSE- MESA-MAS- MÃE- MULA- MEL-MELA-MELE-MEDE- MAU- MÁ- ME- LEME- LUS-LUA-LEU- LEMA- LESA- LUME- LUMES- LÊ-

OBS: Todas as palavras do texto serão encontradas dentro da quadratura e todas as palavras possíveis que podem ser formadas com as letras da quadratura compõem o teor ou forma do texto ou Resultado.
****

04. RESULTADO

Deus, Deus de Deuses e Deusas e Lume de Lumes se deu e deu a seu Ulemá Samuel, Saúde, Sedes, Museus, Musa, Messe, Mesa, Mãe, sua Sã Suma e Leme, Seda, Mula de sela, Sal, Mel, e leu a Ele à lus da Lua esse lema:

**** – Samuel, se és Um Meu és meu Ulemá. Se assue e se dê. Use seu Eu e sua Saúde e assume Sedes, Museus, Musa, Messe, Mesa, a sua Mãe e Deusa, essa Sã Suma e Leme e use Seda, Mula de sela, a lus da Lua e Sã Sêmea és a Esse Deus.****

Ele, Samuel se deu e assume a Sã Suma e Leme de D*E*U*S*. Mas, esse Samuel é um Ulemá de Eu mau e usa Sedes, Museus e a Messe, usa a Mesa na Sede de D*E*U*S*, mede Mel e Sal, usa a Musa, a Mula de Sela, usa e lesa a Mãe e à lus da Lua se mela de mel, se assume, se mede, assue a Deus e se dá e dá seu Eu a Deus Mau e Adé.

Deus, é Deus de Deuses e Deusas e Lume de Lumes e assume sua Sã Suma e Leme, as Sedes, Museus, Messe, Mesa, A Musa, a Mãe lesa, a Mula de Sela, Mel, Sal e a lus da Lua lê a Samuel, Ulemá sem Suma e sem Leme:

****-Samuel, és um Ulemá mau e sua Mãe é Musa e Deusa desse D*E*U*S*. Seu Eu é de sêmea má e se mede a Esse Deus de Deuses e Deusas e Lume de Lumes e me é êmula a sua Suma e Leme de seu Deus Adé. Se mude das Sedes e da Messe desse Deus de Deuses e Deusas e Lume de Lumes Samuel !****

Se és sêmea de Samuel e se assue a Deus, Deus de Deuses e Deusas e Lume de Lumes e a ele se mede e se deu seu Eu e se lê e usa a Suma e Leme de seu Deus Adé, sue de sede sem Sede, sem Museus, sem Messe, sem Musa, sem Mãe, sem Mula de sela, sem Mel, sem Sal e sem a Sã Suma e Leme de Deus, Deus de Deuses e Deusas e Lume de Lumes e se mele e se desase a lus da Lua e Adeus!
****
Assue- insulta, ofende
Deus mau e adé- Satã
Se desase – que perca as azas
Êmula- competidora- adversária
Sêmea – flor da farinha
Sã Sêmea – diz-se de caráter de boa origem
Sã Suma e Leme – Leis e Éditos de Deus
Lume, lumes – fogo, luz brilhante
Ulemá – sábio, doutor de leis entre os islamitas
****
A Ciência Oaieme e seus métodos não obedecem as normas da Nomenclatura Gramatical da Língua Portuguesa mais a do Idioma Brasileiro Livre.
****

05. COMENTARIO

Em nenhum Credo, Escritura ou Documento de qualquer religião D*E*U*S* mesmo sendo um Sujeito Abstrato Presente e Atuante é tão atuante como nos nos Cálculos, Análises, Dissertações e Resultados apresentados pela Ciência Oaieme e eles são tão precisos e enfáticos que; o que nos é apresentado em termos literários havemos de convir, em sendo conselhos, advertências ou admoestações que o texto nos sugere serem expressados por D*E*U*S*, por mais que queiramos não podemos delegar a sua autoria a outro Autor.

Esse é o caso deste Resultado DEUS E SAMUEL onde D*E*U*S* se expressa de maneira sucinta, direta e sem sofismas por duas vezes.

Muito os teólogos, sábios, filósofos e doutores terão de explicar a Humanidade sobre o que é a Ciência Oaieme e seus Métodos inquestionáveis.

****
**** O olho que dizem que tudo vê, olha o Mundo e não me enxerga pois no Ontem não era, no Hoje não é e no Amanhã nunca será. No entanto Eu olho o Mundo e o olho que dizem que tudo vê: Eu o vejo e o enxergo pois no Ontem Eu era, no Hoje Eu sou e no Amanhã sempre serei porquê na Eternidade das Eternidades, Sou Um de D*E*U*S*.
****
**** Eu vim, vi e venci e nem “eles” me viram nem tu me viste.
**** Um abraço a todos, até o próximo artigo e Inté.
**** Independência ou Sorte. O Aedo do Sertão

**** Fim.