01. ANALISE DO TEMA

Por JB da Silva

Esse resultado exprime com muita propriedade a real situação do Brasil e de outras nações em relação a Globalização assim como o raciocínio que muito cidadão do povo deveria ter a esse respeito.

02. QUADRATURA DO TEMA

apatria

03. EXTRAÇÃO DE PALAVRAS DA QUADRATURA

RATA-PIRATA-TIARA…

Obs: Exercite sua mente procurando palavras dentro da Quadratura ou procure dentro da Quadratura as palavras que formam o texto do item 03

OBS: Todas as palavras do texto serão encontradas dentro da quadratura e todas as palavras possíveis que podem ser formadas com as letras da quadratura compõem o teor ou forma do texto ou Resultado.
****
04. CONFECÇÃO DO RESULTADO  A

A Rata Pirata tira a prata à Pátria aí ira a Piá:
– Rapa a trapa Pai! Ripa a Rata Pirata! Aparta a pá, tira a Tiara a Rata Pirata. A Rata Pirata trai a Pátria.
Atira a Rata Pirata à trapa Pai; tira a tripa à pá aí a Pátria à pata a Rata Pirata tapa !
Aí Piá ri…
****
05. EXTRAÇÃO DAS LETRAS ÁUREAS DO TEMA

a patria1

LETRAS ÁUREAS: A, P, T, R, I

06. QUADRATURA DAS LETRAS ÁUREAS

a patria2

07. EXTRAÇÃO DE PALAVRAS DA QUADRATURA

Obs: Exercite sua mente procurando o restante das palavras dentro da Quadratura ou procure dentro da Quadratura as palavras que formam o texto do item 07

08. CONFECÇÃO DO RESULTADO B

Piá ri:
Aí Pai, ria! Tira a tripa à pá…
****
Rata Pirata= Globalização, credos, ideologias, cartéis
Trapa= cova, vala onde se atiram dejetos
Tiara= Mitra, insígnia usada por cardeais e arcebispos, o poder, o mando
****
A Ciência Oaieme e seus métodos não obedecem as normas da Nomenclatura Gramatical da Língua Portuguesa mais a do Idioma Brasileiro Livre.
****
09. COMENTARIO

É indiscutível na Ciência Aieme a forma com que ela transmite a mensagem de maneira prática, sucinta e inteligível para qualquer pessoa.

Usando os recursos de expressão, das Figuras de Linguagem, ela demonstra e explica uma situação que preocupa a todos: as ações da Globalização que é o embasamento da implantação da Nova Ordem Mundial.
****

**** O olho que dizem que tudo vê, olha o Mundo e não me enxerga pois no Ontem não era, no Hoje não é e no Amanhã nunca será. No entanto Eu olho o Mundo e o olho que dizem que tudo vê: Eu o vejo e o enxergo pois no Ontem Eu era, no Hoje Eu sou e no Amanhã sempre serei porquê na Eternidade das Eternidades, Sou Um de D*E*U*S*.

****
**** Eu vim, vi e venci e nem “eles” me viram nem tu me viste.
**** Um abraço a todos, até o próximo artigo e Inté.
**** Independência ou Sorte. O Aedo do Sertão

**** Fim.