Por JB da Silva

Qualquer método ou jogo quer seja cabalístico, quiromântico, cartográfico ou oriundo dos ritos Primitivos, ou seja, das civilizações ditas pagãs, necessitam do nome completo e da data de nascimento do usuário para efetivar a consulta com maior precisão segundo os responsáveis pelo ato.

Esta realidade, no entanto nos demonstra outra: a quantidade de pessoas que possuem o mesmo nome e que nasceram no mesmo dia é deveras astronômica. Em sendo assim, será que elas carpem o mesmo destino ou terão um futuro pelo menos semelhante? Claro que não. Nem uma delas carpirá a mesma dor nem tampouco alegrias e o futuro delas nem parecido será, pelo simples fato de que elas possuem o Livre Arbítrio e o que estiver escrito nas estrelas, ou for resultado do Tarô, ou profecias dos búzios serão simplesmente modificados se elas assim o determinarem por sua vontade e consciência, ou se elas tiverem uma alma forte e independente.

Se elas tais predicados não possuir, os vaticínios as conduzirão para o desastre, para a idiotia de ilusórios sonhos e a dependência humilhante aos Mercadores da Fé que se dizem intermediários entre o Ser Humano e Deus.

O que desmente qualquer mentiroso são seus atos e suas palavras proferidas. Vamos então a fatos reais e concretos; segundo a linguagem monástica de tais intermediários quer sejam eles papas ou dalai lamas, rabinos ou pai de santos, pastores ou padres, Deus que é o Tudo do Todo e o Todo do Tudo possui todas as qualidades “Oni”, ou seja; ele é Oniparente, Onipotente, Onipresente, Onisciente, Onissapiente e Onividente e mais; é o Todo Poder e Bondade..

Em qualquer Estado de Direito seja ele Republica ou Monarquia o Presidente ou Monarca necessita do aporte de intermediários entre ele e a nação, ou seja; o Executivo, Legislativo e Judiciário para gerenciar seu país porque ele não possui as qualidades “ Oni” para atender as reinvidicações coletivas ou pessoais de cada cidadão. Então como Deus no pressuposto que ele existe possui todas as qualidades “Oni”, não necessita de intermediários, ele tanto pode atender o coletivo como o solitário individuo.

Mais como se fazer merecedor de um atendimento divino? Acredito que ninguém neste mundo tem resposta para esta indagação pelo simples fato de que ninguém pode provar que dialogou com Deus nem em passado remoto e muito menos no presente. Mais como os Mercadores da Fé alegam que podem levar suplicas a Deus, não será nenhum pecado qualquer ser humano suplicar por si ainda mais que, em assim agindo não terá que pagar dízimos, doar oferendas ou carpir penitências.

Pelo menos em tese, o problema de fazer solicitações ou suplicas a Deus está resolvido, mas, como encontrar orientações ou conselhos para as dúvidas que assolam a mente e o coração dos Seres Humanos no dia a dia? Este problema também tem solução. Assim como os Mercadores da Fé utilizam Códigos, Métodos e Processos Mágicos de Adivinhação, o Ser Humano pode se utilizar da Ciência Oaieme e seus Sistemas de Alfabetização, Ensino, Estudo, Pesquisa e Análises e tomar posse de seu Auto Conhecimento sem depender de favores outros como será explicado no passo a passo desta obra.

 

**** Fim.