01. ANÁLISE DO TEMA

Por J B da Silva

A Ciência Oaieme extrapolando os postulados bíblicos nos dá uma visão mais abrangente e de uma maneira enfática sobre os Eventos Pós Diluvianos no emergir desse Ciclo Civilizatório ou seja os Tratos e Contratos entre Deus e Noé, a traição de Noé e o distrato dos acordos, seus acordos com etnia alienígena e os reflexos destas ações no momento presente e as ponderações de DEUS.

02. QUADRATURA DO TEMA

nÚmeros.

03.EXTRAÇÃO DE PALAVRAS DA QUADRATURA

DEUS-DOS-DEUSES-DEU-DONS-DISSE-DESSE- DESUSE-DESUSOU-DE-DÊ-DORSO-DONOS-DONO- DOME- DOMO- DOMOU-DOMOS- DURO- DORES- DESSES- DÊSSE- DOS- DEMO- DO- DOS- DOSES- E- ÉS- ÊSSE- ÊSSES- EM- ESMERE- ÉDEM-EU- ESMEROU-ENDEUSE- ENUMEROU- EDUS- UNO- UNE- USE- USO- URDE- UNIU- USOU-UM-USE –UNS-UNIDOS- SE- SEDES-SÊRES-SEM- SEU-SONSO- SONSOS-SONDOU-SEDUS- SOU- SÓ-SUMOS- SUORES- SER- SURDO- SÊDE- SORVEU- SUMO- SEUS- SEDE- SONDEM- SONDOU- SUORES-SENDO- SEM-SONO-O-ODES-OURO- OS- ODES- OREM- OROU-ORDENOU-OUSE-ODRES-ORDENE–ÓRDENS-OROU-OU-NÙMEROS- NU-NUS- NO-NESSE -NESSE- NOME – NUME-NÚMENO-NÚMENOS-NOÉ- NOÉS- NERO- NEROS- NEM- MESSES-MEU- ME- MEDO – MESSE- MUNDO-MUNDOS-MERO-MEDROSO-MUDO-MUROU- MUSEUS- MUDOU -MEDE- MENOR-RUDE- ROEM- RESE- RUMO- REMO- RESOU- -RESUME -REMEDO -RÉUS -RÉU -RENDEM -ROEU-RENDEU-REMENDOS-REMEDOU-RESOU-REMENDO-

****
OBS: Todas as palavras do texto serão encontradas dentro da quadratura e todas as palavras possíveis que podem se formadas com as letras da quadratura compõem o teor ou forma do texto ou Resultado.
****

04.RESULTADO

O Deus dos Deuses e Uno se deu e deu o uso dos Dons do Eu no sono, Números, Sedes, Messes, Odes, Ouro, Dons do Eu, Deões, Rudes Seres e disse:
– Noé, se és Esse de Esses e se és desse Deus de Deuses e Uno, une Esses de dorso nu sem Sedes, sem Messe, e sem Ouro e os Esses donos de Sedes, Messes e Ouro. Use os Números, Sedes, Messes, Ouro, Dons do Eu, Deões e dome os Rudes Seres. E se uns dos Esses ou dos Rudes Seres em dores se roem, rese Esses e os Rudes Seres em dores. E Esse de Esses e Esses usem Odes, orem em Sedes desse Deus de Deuses e Uno. Se esmere e esmere o Eu de Esses no uso dos Números, Sedes, Messes, Odes, Ouro, Dons do Eu e no uso dos Rudes Seres. Urde o rumo desse Mundo. Esse Mundo é meu Eden e o Remo de Ouro é seu. O rumo desse Mundo, é o Mundo dos Mundos desse Deus de Deuses e Uno.

Noé, Esse de Esses se deu, usou Dons do seu Eu e uniu Esses de dorso nu sem Sedes, sem Messes e sem Ouro e os Esses donos de Sedes, Messes e Ouro, domou os Rudes Seres, usou Odes e orou em sedes de Deus e esmerou o Eu de Esses no uso dos Números, Sedes, Messes, Ouro, Dons do Eu e no uso dos Rudes Seres e resou Esses e os Rudes Seres em dores. Usou seus Dons do Eu e seu Remo de Ouro e ordenou o rumo desse Mundo.

O sonso Demo se resume em remedo do Deus dos Deuses e Uno, sondou o Eden e sedus Noé Esse de Esses no sono: – O Mundo do Deus dos Deuses e Uno é o Mundo dos Deuses. Se o Deus dos Deuses e Uno deu o uso do Eu no sono, Números, Sedes, Messes, Odes, Ouro, Dons do Eu, Deões e os Rudes Seres e se deu o Remo de Ouro e ordenou : “ Urde o rumo desse Mundo, esse Mundo é seu Eden”, esse Mundo é seu e o rumo do Mundo é o rumo do seu dono. Eu sou o Demo e domo Mundos e Nesse Mundo eu sou um Deus. Ouse e se desuse do Deus do Deuses e Uno e me endeuse em Sedes e Domos, me dê Ouro, doses de sumos em odres, me dê seu Eu e eu domo Esses e Esses de medo desse Demo é só Messe de mero uso desse Demo e de Esse de Esses.

Noé Esse de Esses é um mero ser medroso e no medo do Demo deu seu Eu, Sedes, Messes, Ouro, Odes e sumos em odres e o Demo o usou: – Noé Esse de Esses, use Esses de dorso nu sem Sedes, sem Messes e sem Ouro. E se uns desses Esses em suores e dores se roem, dê doses de medo e os dome. E os Esses donos de Sedes, Messes e Ouro, ordene em Sedes desse Demo e em sedes de seu uso. E se em Sedes e Messes de uns desses se desusou meu nome e ordens, dê duro e doses de medo e Esses, réus de medo se rendem.

E se usou Esses de dorso nu, sem Sedes, sem Messes e sem Ouro, em suores e em dores em Sedes e Messes do Demo e de Noé Esse de Esses. E se ordenou Esses donos de Sedes, de Messes e de Ouro em Sedes e Messes do Demo e de Noé Esse de Esses. E se um dos Esses de dorso nu, sem Sedes, sem Messes e sem Ouro nesse Mundo se roeu em suores e em dores, Noé Esse de Esses e do Demo se deu de surdo e mudo, deu duro e doses de medo e o domou. E em Sedes e Messes de uns Donos de Sedes e Messes, um dos Esses se desusou do nome e de ordens do Demo Noé, Esse de Esses e do Demo deu duro e usou doses de medo no Réu e o Réu de medo se rendeu.

E se Esses de dorso nu, em remendos, de sede dos Dons do Eu no sono, Números, Sedes, Messes, Odes, Ouro, Dons do Eu, Deões, de Éden e do rumo do Mundo dos Mundos do Deus dos Deuses e Uno se roem em dores e suores nesse Mundo, Noé Esse de Esses e do Demo de medo do duro rumo desse Mundo murou Sedes, Messes e Museus.

Esses de dorso nu e em remendos e os Rudes Seres, é o OURO E MESSE do Deus dos Deuses e Uno. O Deus dos Deuses e Uno é o NUME do NÚMENO DOS NÚMENOS e o NUME do NÚMERO DOS NÚMEROS e enumerou os Mundos, os Deuses, os Esses e os Rudes Seres. Noé Esse de Esses, sorveu em Sede do Demo doses de sumo e doses de medo do Demo e remedou o Deus dos Deuses e Uno, usou seus Dons Eu e seu Remo de Ouro, mudou o rumo desse Mundo e urde ser o Deus desse Mundo. Nesse Mundo uns Esse de Esses é sumo de Noé e um Noé de Noés ou o sumo de Nero e um Nero de Neros e o Deus dos Deuses e Uno ordenou:

– Sondem o NUME DO NÚMENOS E O NÚMERO DOS NUMEROS; Esse de Esses, Esses de dorso nu, Esses Donos de Ouro, Sedes e Messes, o Demo e se dome o Demo e os Noés e Neros desse Mundo Meu.

O NUME DOS NÚMENOS E O NÚMERO DOS NÚMEROS em Messe, é Messe do Deus dos Deuses e Uno e se sondou os Esse de Esses, Esses de dorso nu, Esses Donos de Ouro, Sedes e Messes o Demo, os Noés e os Neros e os sonsos seres desse Mundo.

Se és Esse de Esses, se usou os Números, Sedes, Messes, Odes, Ouro, Dons do Eu e os Rudes Seres, se em Odes orou e ordenou Deões em Sedes de Deus, se em Sedes e Messes, sem medo enumerou e mede em ouro os suores e dores dos Esses de dorso nu e os resou, és Odes e Remo desse Mundo em dores e o Éden e o Mundo dos Mundos do Deus dos Deuses e Uno é seu Rumo.

Se és Esse de Esses, sendo Noé ou Nero, se usou os Números, Sedes, Odes, Ouro, Dons do Eu e os Rudes Seres, se enumerou em Sedes e Messes os suores e dores dos Esses de dorso nu e nem ouro deu e no medo se desusou de Odes e dos Deões de Deus e orou em Sedes do Demo, és só remendo nesse Mundo em dores e Eu, NÚMENO E NÚMERO e Deus Menor e É ORDEM DE Deus, Deus dos Deuses e Uno, dou seu rumo:

Esse Mundo, o Éden e o rumo do Mundo dos Mundos do Deus dos Deuses e Uno é mero NÚMENO sem NÚMERO no seu sono e nos dos Noés, Neros e sonsos desse Mundo em dores.

Edus: Se és Esse de Esses, Esse de Sedes, Messes, Ouro ou és só Esse de dorso nu, use seu Eu, se dê em Odes e em Messe orem e esse Mundo, o Éden e o Mundo dos Mundos do Deus dos Deuses e Uno é seu Rumo.
****
Esse – o ser humano Esses – o povo
Esse de Esses – rei, governante
Esses de dorso nu – operários, os pobres
Esses donos de sedes – proprietários, empresários
Deões- autoridades eclesiásticas
Dons do Eu no sono – dons metafísicos e espirituais
Dons do Eu- conhecimentos intelectuais
Rudes seres- os animais
Remo de Ouro – o certo discernir de governar e idear metas
Urde, urdir- preparar
Sedes do Demo – escolas herméticas, sociedades secretas, esotéricas, templos, igrejas
Nume- divindade , gênio
Númeno- influxo fenomênico na matéria, ação divina
****
A Ciência Oaieme e seus métodos não obedecem as normas da Nomenclatura Gramatical da Língua Portuguesa mais a do Idioma Brasileiro Livre.
****

Saiba +

05. COMENTARIO

O Conhecimento, a Ciência Oaieme nos dá uma visão do passado, do momento presente assim como a visão de um futuro promissor a partir de uma nova proposta de vida, de um novo relacionamento com o divino, uma nova postura pessoal e uma nova proposta de igualdade, fraternidade, solidariedade e responsabilidade que possam embasar o relacionamento entre os poderes constituídos e a sociedade civil. A parte disso, temos que considerar que o maior recado do resultado é direcionado aos governantes, religiões e instituições herméticas e esotéricas pois é dentro do cerne dessas instituições que a ética e a moral da sociedade são trabalhadas.
****
**** O olho que dizem que tudo vê, olha o Mundo e não me enxerga pois no Ontem não era, no Hoje não é e no Amanhã nunca será. No entanto Eu olho o Mundo e o olho que dizem que tudo vê: Eu o vejo e o enxergo pois no Ontem Eu era, no Hoje Eu sou e no Amanhã sempre serei porquê na Eternidade das Eternidades, Sou Um de D*E*U*S*.
**** Eu vim, vi e venci e nem “eles” me viram nem tu me viste.
**** Um abraço a todos, até o próximo artigo e Inté. ****
Independência ou Sorte. O Aedo do Sertão

**** Fim.